Lugares que você DEVE visitar em Los angeles, California.

Algumas cidades no mundo têm pontos turísticos tão bem definidos que dão ao visitante a falsa impressão de conhecê-las intimamente em muito pouco tempo. Los Angeles é um desses casos. Há quem visite a região apenas para dar uma volta na Calçada da Fama e, de longe, avistar o letreiro de Hollywood. É comum ouvir dos turistas que um ou dois dias são suficientes para conhecer a cidade. Não caia nessa! A Cidade dos Anjos tem muito mais a oferecer do que desenhos de estrelas estampados na rua. Mas é claro que isso se você quiser somente ir ao os pontos mais turísticos, somente pra visitar e tirar algumas fotos, 2 dias são tranquilos pra conhecer Los angeles area.

A extensão da cidade e a distância entre as atrações não ajudam a vida dos visitantes. Transito pra todo lugar. SEMPRE! Chega ser engraçado se não fosse trágico. Só isso já seria fator suficiente para optar por permanecer um pouco mais, porém outros motivos valem para aumentar o tempo de estadia: estúdios de cinema em plena atividade, praias com o autêntico clima da Califórnia, parques temáticos emocionantes, museus incríveis, restaurantes e mercados tão diversificados quanto a cultura local, vida noturna agitadíssima e, claro, muitas opções de compras capazes de deixar qualquer turista encantado. Vamos aos detalhes:

  1. Santa Monica Pier

    • Alugue aqueles patinetes você pode ir de Venice até Santa mônica pela orla e apreciando. 10 minutos aproximadamente.
  2. Venice beach e Venice canals

    • Dica é estacionar no Venice canals e ir andando pra praia porque ali você consegue estacionar na rua sem pagar. Ou pagar pra estacionar perto da praia, mas leve cash, porque eles não aceitam cartão.
  3. Malibu beach

    • Dica é ir cedo sempre porque o estacionamento tem bastante mas muita gente vai pra lá, acorde cedo e vá, assim você tem parking garantido
  4. Malibu: El matador beach

    • Dica de praia sem turista e com aquelas pedras lindas ótimas para uma sessão de fotos.
  5. Hollywood walk of fame

    • A sensação lá é caminhar nas pelas estrelas, comprar seus souvenirs e conhecer o teatro chinês aonde alguns atores e atrizes deixaram suas mãos por lá. Nessa região é tudo mais caro, então de repente se você estiver economizando, tente optar por comer a 10 minutos de lá por que o valor já abaixa. Agora se não tem comida ao redor pra quem tá disposto a pagar.
  6. Hollywood sign

    • Dica é colocar no GPS: Lake Hollywood park. Ali você estaciona na rua de graça e consegue caminhar pra mais perto da placa.
  7. Beverly hills e Rodeo Drive

    • Ir pra conhecer, porque Beverly hills não tem muita atração. É uma area mais residencial e a parte comercial é pra milionários.
  8. LACMA

    • Poste de luzes que aparecem em centenas de filmes
  9. Friendship bell

    • Point pro por do sol com uma vista do mar e sem turista.
  10. Point Vicent Lighhouse

    • Point pro pôr-do-sol mais lindo que eu já vi na minha vida. Vista pro mar do pacifico, e lá sempre tem a quantidade de nuvem ideal para o pôr-do-sol.
  11. Original farmers market

    • A primeira feirinha de LA. Comida boa, barata e saudável você encontra por lá.
  12. Hermosa beach

    • Na minha opinião é uma praia com a cara de Venice mas sem povão. Mara.
  13. Estúdio da Warner Bros

  14. Disneyland

    • A primeira disney criada. Se você já foi em orlando, pode cortar da lista. Porque eles possuem as mesmas atrações, até menos se duvidar.
  15. Universal Hollywood studios and City Walk

    • Se você já foi em orlando, pode cortar da lista. Porque eles só tem as atrações virtuais e os studios de hollywood. Nada demais pelo preço.
  16. West hollywood

    • Melhores baladas de LA, todo mundo vai pra lá.

 

**Mais itens serão adicionados com o tempo.

Como planejar uma road trip nos Estados Unidos

Animados para planejar sua road trip nos EUA? Os Estados Unidos é um país gigantesco e os americanos são muito acostumados a viajar pelas estradas do país, até porque as estradas são maravilhosas e há estrutura para os viajantes em todo caminho. É bem comum assistirmos a um filme em que há uma família viajando em um trailer, não é mesmo?  Mas organizar uma viagem de carro pelas suas estradas não é fácil por vários motivos, tais como o tamanho do país, quantidade de fusos horário e a enorme variedade de opções de locais para serem visitados. É por isso que este post vai ajudar você que está planejando uma Road Trip pelos EUA. O roteiro pode não ser exatamente o mesmo roteiro que fizemos, mas dicas preciosas podem ajudar você a se organizar melhor com certeza.

No geral, as estradas americanas tem muita estrutura, bem sinalizadas e algumas tem pedágios e outras não, mas a sua maioria não tem o que é uma vantagem. Viajamos por quase 4.613 km, passamos por 15 estados diferentes pagamos 2 ou 3 pedágios!

 

  • Faça um roteiro possível

Planejar ali, planejar aqui e planejar de novo. Não tem como ter uma viagem bem sucedida sem planejamento de roteiro possível de se fazer. É preciso considerar muita coisa. Por exemplo, é preciso considerar o tempo que você estará no volante, a distancia que será percorrida e as paradas pelo caminho para ir ao banheiro ou comer. É preciso estabelecer suas prioridade na viajem, o que você com certeza quer ver e ver se é viável chegar lá. Ou seja, é importante traçar um roteiro em que seja possível viajar a ponto de se divertir diariamente, conhecendo lugares novos e bonitos, para que a viagem não se torne cansativa e desagradável. Brinque no My maps, marque as cidades que você considera imperdível. Em seguida comece o estudo de quanto tempo cada uma dessas cidades necessitam para serem exploradas. E só assim você consegue ter ideia se sobra tempo para outras paradas.

  • Organize paradas pelo caminho

Em longas viagens é quase impossível não se cansar. Por isso, uma parada para aquele cafezinho é essencial. Além disso, é preciso pesquisar onde é o posto de gasolina ou aquele restaurante que você pretender parar no meio da estrada. Há vários locais em que as opções são limitadas, por isso é importante estudar o mapa do local em que você passará para não acabar ficando sem gasolina ou morrendo de fome.

  • GPS online e offline

Nós sempre usamos o Google Maps ou similar para checar a distância de um local para o outro. Em ambos os casos você precisa de uma conexão com a internet para poder usa-los. Porém, em algum momento durante a viajem, o celular não vai funcionar, e você pode acaba sem saber para onde ir.  É por isso que a minha dica é utilizar um gps offilne também.  Alguns carros possuem GPS acoplado então use ao seu favor. Existe também alguns aplicativos online que você pode achar. Na minha experiência eu só precisei do celular e do GPS do carro e não tive o menor problema. Existem muitas opções de aplicativos no mercado, basta escolher o seu favorito e fazer uma viagem tranquila.

  • Carro confortável

Uma certeza você pode ter em uma road trip, vai passar muitas horas dentro do carro, seja dirigindo ou como “co-piloto”. Alugar carro aqui nos EUA é certeza de que vai dirigir um carro automático e com ar condicionado, graças a Deus! Mas há modelos compactos que podem não ser a melhor opção para uma viagem mais longa. Nem sempre o melhor preço é a melhor opção, então é indispensável pesquisar! Veja algumas opções no RentalCars.com que faz uma pesquisa dos preços em vários alugueis de carro.

  • Hospedagem certa e com antecedência

Principalmente nos parques nacionais há necessidade de reservar o local para acampar e são espaços contados por isso não tem como fuigr. Alguns parques como Zyon e Yellowstone abrem vagas e elas se encerram em menos de 02 dias. Se você tem interesse em ficar em um hotel dentro do Grand Canyon Village, precisa reservar com no mínimo 6 meses de antecedência! Mesmo nas cidades próximas já é importante reservar com várias semanas de antecipação quando se considera o período de alta temporada. É melhor se planejar para não acabar tendo dor de cabeça na hora de achar um local decente para dormir. Minha dica é olhar no Booking.com que é meu parceiro em todas minhas viajens. Sempre ótimas ofertas e avaliações confiáveis feitas pelos próprios hóspedes.

  • Fique ligado no fuso horário

Fuso horário é algo importante para ficar de olho também. Está no horário de verão ou não? Passei a fronteira de um estado, será que a hora mudou? No nosso caso, foi curioso quando visitamos o estado do Arizona, pois em um área o fuso era um, em outro local dentro do mesmo estado, o fuso era outro! Se você não estuda a mudança de fuso horário com antecedência pode perder o horário de um passeio agendar ou chegar em um local e já estar fechado para visitantes.

Planejando uma Road Trip nos EUA
Fusos horários americanos. Fonte: The National Map
  • Comidinhas no meio do caminho

É importante levar alguns salgadinhos, lanchinhos e comidas não perecíveis no caso de a fome bater no meio do nada. Na nossa road trip nós levamos uma sacola com salgadinhos, castanhas, biscoitos para a hora que a fome batesse no meio da estrada. Além disso, levamos cerca de 40 garrafinhas de água, algumas geladas e outras congeladas que foram degelando ao longo do caminho. Em todos os hotéis que nos hospedamos, colocávamos todas no frigobar novamente. Tivemos muitas vantagens com isso: ter água sempre à mão em pleno verão e economizar, pois em locais públicos as garrinhas de água chegam a custar US$ 4 e nós pagamos pouco mais de US$ 6 por 35 delas, compradas antecipadamente no supermercado.

  • Planeje os passeios com antecedência

Super mega dica que sempre damos em todas as viagens, estude as atrações do local! Assim fosse não perde tempo em filas intermináveis para comprar tickets ou acaba perdendo uma super atração porque os ingressos estão esgotados. Além disso, planeja melhor o que vai fazer, até para ficar mais tempo descansando no hotel.

  • Economize com tickets anuais

Vai visitar parques nos EUA? Uma super dica é adquirir um ticket anual. Pagando o preço de US$ 80, você pode entrar em qualquer parque nacional quantas vezes quiser ao longo de 1 ano! Todos os parques cobram entradas que podem ser ate $35 então comprando o ticket anual você paga US$ 80 o que economiza e muito! Adquira o passe anual neste site (em inglês).

  • Seguro viagem

Pode ser carro, avião ou a pé, seguro viagem é indispensável em qualquer lugar, ainda mais nos EUA aonde o serviço médico é caríssimo! É por isso que aqui vale muito o ditado “é melhor prevenir do que remediar”, porque o rombo no seu orçamento pode ser gigantesco caso precise de atendimento médico aqui nos EUA.

 

Dicas extras na hora de planejar sua road trip nos Estados unidos

  • Não esqueça de preparar uma boa playlist. Hoje em dia a maioria dos carros permitem sincronizar o celular com o som do carro. Uma boa música faz uma diferença grande enquanto você dirige.
  • Leve carregador! Seu celular pode acabar bateria muito rápido quando ativado o GPS e o Spotfy, além do que você pode carregar outros equipamentos dentro do carro.

 

Road trip nos Estados Unidos – Roteiro

Quem nunca sonhou em cruzar as lendárias rodovias dos Estados Unidos descobrindo paisagens, lugares e personagens em uma verdadeira road trip nos EUA? Pois é. Todo mundo ama as road trips! Nos Estados Unidos então que as estradas são maravilhosas pra dirigir a gente ama ainda mais.

Antes da viajem nós fizemos um roteiro base pra saber quais pontos eram mais importantes para parar e se divertir. Tivemos algumas prioridades base. Não dirigir a noite. Uma timeline de 11 dias para chegar na California e nós queríamos passar mais tempo no Parques nacionais. Com base nisso decidimos as atrações que gostaríamos de ver e após isso datas/horários de um lugar para outro e por ultimo hospedagem.

É claro que na hora de fazer o roteiro, nós nos preparamos para qualquer imprevisto então sempre deixávamos um espaço de tempo pra isso. Por exemplo: Se a viajem duraria 9 horas, planejávamos 10h para ter uma hora extra para paradas no caminho. Em alguns momentos da viajem decidimos fazer paradas em algumas cidades como Cleveland e Indiana que não estavam no nosso roteiro original. Mas como tínhamos guardado horários para imprevistos mudar os planos não atrapalhou a nossa timeline.

Lembre-se: Para cada pessoa a viajem é diferente, então não tem jeito, você tem que planejar pra poder atingir suas expectativas. Clique aqui para saber como planejar a sua Road trip!

Foi uma incrível viagem de carro pelos Estados Unidos, onde percorremos aproximadamente 4,613 milhas (cerca de 8000 km) em 11 dias, passando por 15 estados americanos e um distrito federal, visitando a lendária Rota 66, revisitando Chicago e alguns outros estados e conhecendo alguns dos principais e mais famosos parques nacionais americanos.

Road trip nos estados unidos viajem de carro pelos EUA

 

Roteiro de viajem nos Estados Unidos – Road trip

 

PRIMEIRO DIA

1. McLean, VA – Carregar o carro, colocar gasolina e pé na estrada. Durante a viajem passamos em Maryland e Washington DC.

2. Pittsburgh, PA – Chegamos no dia 05 a tarde e estaríamos na estrada dia 06 pela manhã. Nós tivemos o jogo do time de baseball que torcemos Dodgers no estádio PNC park.

  • 4.5 horas dirigindo de McLean, VA.

Hospedagem em Pittsburgh: Holiday Inn PNC Park

Notas: Atravesse a ponte principal (Marca de Pittsburgh). Coma no restaurante Tako. Caminhe ao longo do rio. Memorial do Muro coreano.

 

SEGUNDO DIA

3. Chicago IL – Chegamos no dia 6 e estaríamos na estrada dia 07 pela manhã. Durante a viajem tivemos uma mudança no tempo o que adicionou 1 hora a mais na nossa viajem. Nós dois já tínhamos ido a Chicago então curtimos o dia passeando pelo centro.

  • 8 horas dirigindo de Pittsburgh ($35 em pedágios)
    • Paradas rápidas para comer em Cleveland-OH and Indiana: Parar nos restaurantes YATZ, Piada or Steak n Shake. Foram recomendações de amigos que nasceram em Indiana. Paradas nas placas de bem vindo a cidade para fotos.

Hospedagem em Chicago: Airbnb – 4943 North Winthrop Avenue Apt. 3 Chicago, IL 60640

Notas: Chegar em Chicago inicio da tarde. Vá para o lago, se possível. Ou acorde cedo para o lago. Giordano’s para o jantar; MELHOR PIZZA EVER. Dar um passeio no centro da cidade para ver arquitetura inconfundível da cidade.

 

TERCEIRO DIA

4. Elkhorn, NE – Chegamos no dia 7 e estaríamos na estrada dia 08 pela manhã bem cedo. Essa parada foi estratégica para visitar uma tia querida.

  • 8 horas dirigindo de Chicago.
    • Parada planejada em Iowa City, IA (Mural de Iowa)
    • Parada planejada em Des Moines, NE para comer (Murals in Des Moines)

Hospedagem em Nebraska: Casa da nossa tia (Maravilhoso!)

Notas: Chegaríamos a noite não teriamos muito tempo para curtir, mas nossa prioridade era os parques nacionais. Caminhada pela cidade. Jantar em casa e dormir bem porque será a ultima noite para dormir bem. Comprar snacks. Comer milho, o que Nebraska faz de melhor.

 

QUARTO DIA 

5. Mount Rushmore, SD – Chegamos no dia 8 e estaríamos na estrada dia 09 pela manhã cedo. Durante a viajem tivemos uma mudança no tempo o que adicionou 1 hora a mais na nossa viajem.

  • 9 horas dirigindo de Elkhorn, NE.
    • Parada planejada no parque nacional Badlands em South Dakota.
    • Parada planejada Corn Palace (Museu do milho) entrando em South Dakota.

Hospedagem em South Dakota: Kemps Kamp – Não necessita de reserva (O escritório fecha as 8pm) ($27.55 na chegada) – Mas tem muito camping por lá então você sempre acha.

Notes: Chegar a tarde mais tarda as 2pm. Passar o tempo conhecendo Mount Rushmore (Presidentes) e a cidade que tem no entorno. Tem um lugar para aventuras muito legal em Keystone (A cidade aonde fica Mount Rushmore) vale muito a pena ir lá.

 

QUINTO E SEXTO DIA

6. Yellowstone, WY – Chegamos no dia 9 e estaríamos na estrada dia 10 antes das 8pm. Preparados para ficar sem sinal dentro do Parque nacional. Curtimos 1 dia e meio por lá.

  • 10 horas dirigindo de Mount Rushmore
    • Parada obrigatória no Black hills National Forest
    • Parada obrigatória no Bighorn National Forest

Hospedagem em Yellowstone: Madison Campground em Yellowstone

Notes: Visitar Old FaithfulGrand prismatic spring (Grand Prismatic Overlook in Midway Geyser Basin), Grand canyon of yellowstone ( Artist Point with Views of the Lower Falls) and Yellowstone Lake.

  • 10 horas dirigindo de Yellowstone
    • Parada obrigatória no Black hills National Forest

Hospedagem em Utah:  Day-inn em Salt Lake City, UT.

Notes: Estamos a caminho de Bryce canyon mas pela distância decidimos dormir em Utah, para não dirigir a noite.

 

SÉTIMO E OITAVO DIA

7. Bryce Canyon National Park, UT – Chegamos no dia 11. Curtimos umas 3 horas fazendo trilhas e conhecendo o parque o que foi o suficiente para conhecer todo o parque.

  • 10 horas dirigindo de Yellowstone – 4 dirigindo da parada pra dormir em Utah
    • Parada obrigatória em Red Cayon

Notes: Chegamos bem cedo pela manhã o que foi ótimo porque pegamos o parque vazio cheio de estacionamento. Eles tem o próprio ônibus que leva a galera em todo o parque. Então você pode estacionar o carro e ficar livre pra passear. Pontos mais importantes de lá são: Sunrise and Sunset Points, Inspiration Point, Bryce Point. Muita trilha pesada então make sure que você coma bem e traga snacks, água e protetor.

8. Zion National Park, UT – Chegamos em Zyon no dia 11 a tarde e estaríamos na estrada dia 13 pela manhã. Curtimos 1 dia e meio por lá e foi maravilhoso.

  • 1.5 horas dirigindo de Bryce Canyon

Hospedagem em Zion:  South Campground

Notes: Montamos o nosso camp e fomos curtir mais trilhas. Fizemos algumas compras num mercado próximo ao campground pra fazer um churrasquinho na fogueira. O que você deve ver em Zyon: The narrows, Emerald pools, Zion Canyon scenic drive, Angels Landing, Canyon Overlook trail and Kalob Arch.

 

NONO DIA

9. Horseshoe Bend – Chegamos no dia 13 a tarde. Depois de ver a atração nos montamos nosso acampamento e aproveitamos o tempo livre pra comer e relaxar.

  • 2.5 horas dirigindo de Zion

Hospedagem em Page, AZ em torno do Horseshoe bend: Page Lake Powell Campground – $29 due on arrival

Notes: O Horseshoe Bend é uma parte do Canyon que possui uma curva que realmente nos lembra do formato de uma ferradura, e ele é uma das atrações mais visitadas nos EUA, e é de graça. Não tem a opção de fazer trilha por lá então você só caminha uma leve subida pra chegar na view e é isso. Algumas empresas fazem passeios de caíque pelo rio. 

DÉCIMO E DÉCIMO PRIMEIRO DIA 

10. Antelope Canyon – O tour foi dia 14 pela manhã. 

  • 16 minutos

Notes:  O Antelope Canyon fica dentro de uma reserva indígena por isso só tem acesso ao local quem compra com a tour com os próprios indígenas. Super incrível. O passeio é muito rápido. Em 30 minutos você já esta caminhado pra fora dali.

 

11. Grand Canyon, AZ – Chegamos dia 14.

  • 2.5 horas dirigindo de Antelope Canyon

Notes: O Grand Canyon tem tanta coisa pra ver. Você pode ver de diferente views ou pode fazer trilhas por dentro. Nós aproveitamos mais os cenários com vista de cima. Você pode passar um fim de semana inteiro caminhando por lá. Incrível. É gigante. Nós tínhamos planejado fazer uma tour de helicóptero mas começou a chover bem na hora o que acabou deixando isso pra uma outra oportunidade.

 

12. Las Vegas, Nevada – Chegamos em Las Vegas dia 14 no final da tarde e pegamos a estrada no dia 16 a tarde.

  • 5.5 horas dirigindo do Grand Canyon

Hospedagem em Vegas: Caesars Palace

Notes: Aproveite, já que tudo ficará por lá mesmo. Tem centenas de atrações, como por exemplo Cirque du Soleil. Las Vegas é uma cidade pautada em exageros que beiram o brega. Não há porque ir contra eles. Entre no clima o mais rápido possível e seja feliz! Balada e curtição.

 

13. Los Angeles, CA – Chegamos em casa dia 16.

  • 5 dirigindo de Las Vegas

 

 

MAPA COM OS LOCAIS QUE VISITAMOS

Clicando na box você consegue adicionar essa mapa na seu google maps e editar o roteiro da road trip do seu jeito.
(com o tempo eu vou atualizando os lugares específicos em que paramos):

 

 

 

Um fim de semana em Boston – Roteiro

Boston é uma cidade encantadora. Tive a impressão de que ela é uma mini Nova York, ou uma versão menos fancy. Curti meu fim de semana lá e foi o suficiente para curtir a vibe de Boston e aproveitei ainda para dar um pulo em Salem e Cambridge, com as amigas claro. Eu acredito que um final de semana seja o suficiente para fazer bastante coisa, tentei ser a mais econômica possível também.

 

Tenha em mente que essas são as atrações que eu achei mais importantes de ver em Boston. Se você tem outras atrações que ache que não pode ficar de fora também, deixe aqui embaixo nos comentários para ajudar os próximos leitores.

How to Make Brigadeiro – Brazilian Candy Recipe

 

Brigadeiro is a soft chocolate treat made with condensed milk and cocoa. It is present in every Brazilian birthday party and also it`s knowing like a desert to cheer you up on bad days. Every Brazilian knows brigadeiro, and everyone who tries it likes it. It’s also a very good treat to do with kids. You have many options and creative ways to make brigadeiro but today let’s learn the basic recipe.

Ingredients

  • 3 tablespoons unsweetened cocoa (You can use more cocoa, some recipes maybe 4 spoons. You can also use chocolate powder in which case you need 7 spoons, but the Brigadeiros will be intensely sweet. With practice, you will find your own perfect recipe)
  • 1 can (14 ounce) sweetened condensed milk (Leite Moça Nestle – For a better experience)
  • 1 tablespoon butter
  • Chocolate sprinkles (You can use another type of sprinkles too)

How to make it

  • In a medium saucepan over medium heat, combine condensed milk, cocoa powder  and butter. Cook, stirring, until thickened, about 10 minutes or less. Remove from heat and let rest until cool enough to handle in a separate plate. Form into small balls and cover with the chocolate sprinkles. Eat at once or enjoy for some days.

 

What you think? Please comment below.

If you give this recipe a try, let me know by sharing on Instagram or Facebook be sure to tag me and use the hashtag #MakingBrigadeiro

 

13 Sites para estudar inglês em casa

Querer é uma coisa, mas conseguir… Quem nunca fez uma promessa de que começaria um curso de inglês e desistiu no primeiro obstaculo? Muitos fazem isso, não só com o curso de inglês em si, mas com planos de estudos, de mudanças de hábitos, organização, entre outros. O ser humano nem sempre cumpre o que promete, nem para ele mesmo.

Muitas pessoas desejam aprender inglês por uma necessidade ou até mesmo obrigação por causa da posição que ocupa, pelo trabalho, escola, viagens ou qualquer outro motivo. Porém, na maioria das vezes, essas mesmas pessoas não possuem agenda para assumir um compromisso como um curso de línguas e acabam deixando sempre para depois, um depois que, infelizmente, nunca chega.

Mas imagina poder ter a flexibilidade de estudar no conforto da sua casa? Ter seus próprios horários e seu plano de estudo personalizado, o que acha? Seria uma boa alternativa? O que venho falar é sobre algumas dicas para que você possa adquirir fluência estudando em casa, mas isso não significa que você falará inglês fluente da noite para o dia, tá? Vamos ser realistas. Aprender inglês, como qualquer outra disciplina, não é feito em um passo de mágica. Não tem como você começar a estudar hoje e daqui a um mês já saber tudo.

Reforçando o aprendizado autodidata da língua, comece hoje a estudar!

Segue alguns sites abaixo para que você possa utilizar nos seus estudos. Esses foram os links que eu mais usei quando estava estudando.

Websites com conteúdo

Exercícios

Youtubers

 

Espero que tenha ajudado vocês. Caso queiram saber mais dicas e sugestões, deixa seu comentário aqui no blog. Beijos.

 

Qual a documentação necessária para o programa de Au Pair?

Documentações exigidas:

  • Contrato com a agência InterExchange e com a agência. Esse contrato eu tenho que rubricar todas as páginas e assinar a última, no caso, será digitalizado e reenviado pra InterExchange. Eu assinei o contrato da World study e também preciso assinar com a InterExchange, então esta é a forma, através da digitalização do contrato assinado;
  • Certificado de conclusão do Ensino Médio em português, e também traduzir ele pro inglês;
  • Levar a cópia do seu passaporte (colorido), nada em preto e branco;
  • Cópia do seu RG e CPF;
  • Character Reference Form, que nada mais é que um formulário que eu preciso dar para alguém (amigo, professor, conhecido e etc, menos membro da família) escrever sobre você. Lá tem algumas alternativas pra assinalar, dizendo se sou responsável, matura, como você lida com a saudade de casa, se tem a mente aberta para novas culturas e coisas do tipo;
  • 2 Child Care Reference. Nesse caso a minha agência pediu no mínimo duas referências em cuidado de crianças. Você pode levar a mais, não menos. Esse formulário tem que ser respondido pela mãe ou pai da criança, se o mesmo não fala em inglês tem que responder o formulário na sua língua nativa, e você tem que passar tudo o que ele(a) escreveu pra inglês em outro formulário, e pedir assinar os dois (o da língua nativa e o traduzido para inglês);
  • Medical Report. Bom, você tem que fazer uma consulta no médico e ele precisa responder lá se tenho alguma doença, algum problema de saúde, ou se está tudo OK  (como no meu caso), esse creio ser o mais chatinho pois são três folhas, as duas primeiras eu mesma posso responder, e a última o médico responde (em inglês). Aí precisa do carimbo de CRM dele e assinatura; (No meu caso, foi super fácil, levei preenchido para médica, expliquei para que era o documento, relatei sobre meu histórico médico ok e ela assinou de boaça. Só não aconselho meninas que tem doenças pré-existentes fazerem isso, pode dar complicação depois.)
  • Atestado de antecedentes criminais em português e traduzido para o inglês. Isso é bem fácil, no site http://www.dpf.gov.br, você consegue tirar de graça seu atestado.
  • English Evaluation Test é uma avaliação de inglês. *Primeira etapa do processo citado acima.
  • Au Pair Interview Report, que é a entrevista com o candidato(a). Saiba mais sobre ela aqui.
  • Cópia colorida da CNH (obrigatória), e a Carteira que é a PID, que faz no DETRAN mesmo.

Você pensa que é muita coisa, mas eu fiz isso em uma semana. É só ter foco e se organizar. VÁ COM TUDO!!

Au Pair Program

Aêê meu povo lindo! Tudo bom?

Hoje eu tô aqui pra contar sobre o Au Pair Program pela a agência Interexchange. Vejo que muitas meninas não tem as informações, até porque quando estava no meu processo não achei quase ninguém falando sobre a agência. Então estou aqui para contar como foi e está sendo a minha experiência como uma forma de ajudar vocês que estão iniciando ou vão iniciar o processo mas ainda tem dúvidas quanto a agência.

PASSO A PASSO

Pra se tornar uma Au Pair, é necessário que a menina preencha os seguintes pré-requisitos:

  • Ter entre 18 e 26 anos
  • Ser solteira e não ter filhos
  • Gostar muito de crianças e ter pelo menos 200 horas de experiência de trabalho com elas, comprovadas por referências. Experiências familiares somente não valem, mas podem ser acrescentadas como extra.
  • Ter inglês intermediário na conversação
  • Estar cursando ou ser formada em um curso superior, ou ter recentemente concluído o ensino médio
  • Ter carteira de motorista e saber dirigir
  • Não ter antecedentes criminais
  • Ter um passaporte válido

Algumas agências como a Cultural Care e a Interexchange também aceitam meninos. Vale dar uma olhada no site das agencias para conferir os requisitos. As agencias costumam não aceitar meninas divorciadas, mas não há nenhum problema quanto a isso com o governo americano, então aconselho a não falarem até porque em nenhuma parte do processo pedem sua certidão de nascimento. Take easy honeys! Se for esse o seu caso pode fazer tranquilamente, só oculta por conta da agência.

Se você preencheu esses requisitos, ótimo! Algumas empresas aceitam que você dê entrada no processo antes de ter a CNH por exemplo. Contudo, eu não indico. É melhor que você esteja com tudo ok, só assim evita muita dor de cabeça e ansiedade. Planeje bem direitinho quando quer viajar e se não possuir a CNH, comece a tirar o mais rápido possível.

 

Depois de preencher os requisitos, o segundo passo é procurar a agência que você mais vai gostar (ou que vai caber no seu bolso). As agências são as seguintes:

 

Como o meu foco é falar sobre a minha experiência, vamos falar da InterExchange:

Você pode procurar sobre as outras agências no google. Centenas de blog falando sobre os processos delas.

Informações:

  • Representantes no Brasil: World StudySTB e Travel Mate.
  • Valor: $ 790,00 – Preço do ano de 2016. Os preços variam um pouco.
  • Forma de pagamento: Depende da agência do Brasil que você escolher. Na WS, você paga $290,00 de entrada e o resto pode ir pagando até o match.
  • O application é super simples de preencher, sem muitas exigências.
  • Você precisa ter todos os documentos requisitados em dia, inclusive a PID, para fazer a inscrição.
  • Não tem horas mínimas com crianças, óbvio que quanto mais horas MELHOR.
  • Agência pequena, atendimento personalizado para você.
  • A agência dá uma semana de treinamento antes de chegar na casa da host family. Todas tem o tour por NYC. Hotel super bem localizado girls. Super!
  • Possuem coordenadoras locais, que são responsáveis por se certificar que tudo está ok com a Au Pair e a familia.
  • A Au Pair também tem a opção de estender o programa por 6, 9 ou 12 meses. As taxas de extensão variam de agencia para agência. Vale ressaltar que para estender, o/a au pair precisa estar com os créditos exigidos em dia.
  • Vale ressaltar também que despesas como passaporte, visto, passagens de avião da sua cidade até São Paulo ou Rio de Janeiro (de onde saem os voos pra NY), CNH e PID são todas por conta do/a participante do programa. Então, prepara que são muitos gastos mas mesmo assim ainda sai mais barato do que muito intercâmbio.

O que inclui o programa?

  • Orientação pré-embarque sobre documentação e todos os detalhes do programa
  • Orientação na chegada, fornecida pela Organização responsável, visando treinar e preparar melhor a participante
  • Passagem de ida e volta, trecho internacional (São Paulo ou Rio de Janeiro/ Nova York, com tarifa reduzida
  • Passagem aérea de ida, trecho doméstico Nova York/ Casa da família, pago pela família empregadora
  • Acomodação individual e refeições na casa da família empregadora
  • Coordenação e supervisão do programa por uma coordenadora local
  • Remuneração semanal e suporte financeiro para despesas educacionais pagos pela família empregadora
  • Cobertura de seguro saúde durante todo o programa
  • 2 semanas de férias remuneradas

Quais as obrigações de uma au pair?

  • Zelar pelo bem estar da(s) criança(s)
  • Cumprir 45 horas de trabalhos semanais.
  • Providenciar o visto ou autorização especial para o programa, emitido(a) pela embaixada ou consulado do país escolhido

A candidata deverá decidir pela época mais interessante para o embarque e inscrever-se no programa com pelo menos 3 meses de antecedência. Preencher os formulários necessários, ser aprovada no teste de conhecimento do idioma do país escolhido e teste psicológico, providenciar atestados e declarações de experiência de trabalho com crianças (carga horária mínima de 200 horas) e providenciar toda documentação (passaporte, carteira de motorista e atestado de bons antecedentes).

O dossiê da candidata será enviado ao país escolhido e após sua aceitação, a mesma deverá aguardar um contato telefônico da família interessada em contratá-la. Esta conversa será decisiva para a contratação ou não da AU PAIR e a candidata poderá também decidir-se ou não pela família (neste caso a candidata deverá aguardar um contato de outra família).

Os passos estão a seguir:

  1. Realizar teste: English Test 2.000. English Evaluation Test
    Teste gramatical, relativamente fácil. São 80 perguntas (Que podem ser achadas na internet para você estudar)
  2. Aceita no teste você precisa levar todas as documentações. Veja aqui.
  3. Entregando a documentação, você precisa realizar a entrevista Au Pair Interview Report: Que é super fácil. Ela conversa com você in English. Pergunta coisas do tipo: Tudo bem? Mora aonde? Quantos anos? O que faz da vida? Que ser au pair porque? Como faria se acontecesse isso? Ela te avalia pelo inglês. Tente agir como uma conversa normal. A adviser da agencia quer te ajudar também, então keep calm!
  4. Com tudo feito, é hora de preencher o santo Application. E cá entre nós, não é um bicho de 7 cabeças. Só é chato por ter que perder um tempão nele. E é nessa etapa que você faz o vídeo.
  5. Submit no app? Aguarde para ficar ON e torcer. Eu demorei uma semana pra ficar online, e isso porque eles pediram para fazer algumas correções.

Energias positivas!

 Qualquer dúvida que não for tirada aqui, deixe nos comentário. Será um prazer ajudar.

Comer, Rezar e Amar.

Hey!

Segue um livro, e filme também, maravilhoso que você não pode deixar de ler ou assistir. Coloque na sua lista. Muita gente, ou melhor dizendo, muitas mulheres se identificam com esse filme por se sentirem na mesma posição que a Liz:

 

Resenha: Elizabeth é uma mulher cansada de seu casamento. Sua vida desmorona quando ela descobre que quer divórcio e seu marido se recusa a assinar os papéis, pois ainda a ama. Culpada por morar de favor e por largar seu marido apaixonado, Liz se despreza. Ela embarca num namoro com um cara mais novo, um ator que trabalhou em uma peca que ela escreveu. A convivência dos dois se torna turbulenta e ela se vê separada , fora de sua casa. Exausta de si mesma, de sua vida e de seus relacionamentos desastrosos, Liz embarca em uma viagem de um ano à Itália, Índia e a Bali. Na Ítalia, ela descobrirá seu apetite, além de se deliciar com as belas paisagens. Sem medo de calorias, Liz descobre o quanto vale uma boa comida e estar bem com si mesma. Na Índia, Liz aprende a rezar, a meditar, onde finalmente se descobre, perdoando seus erros e suas atitudes que considerou erradas. Em Bali, ela retorna para um senhor que preveu que seu casamento acabaria e ela retornaria em um ano para lá. Ele a ensina tudo sobre o equilíbrio. E ela finalmente se encontra.

O que esse filme nos ensina?

Muita das vezes baseamos nossos relacionamentos como foco principal da nossa vida. E quando a fase ruim do relacionamento chega, nos questionamos se estamos realizando tudo que um dia sempre sonhamos. Muita das vezes, nem nos encontramos ainda, não definimos quem somos de verdade e não sabemos em qual lugar realmente gostaríamos de pousar. Nos entregamos a sentimentos impulsivos e nos esquecemos de avaliar com calma nossa existência.

“É melhor viver o seu próprio destino de forma imperfeita do que viver a imitação da vida de outra pessoa com perfeição.” (Comer, Rezar e Amar)

A busca por nosso equilíbrio interno é uma jornada sem fim, a cada dia que passa nos encontramos mais e descobrimos novas versões de nós.

Apesar de ser evidente que ela não estava preparada para aquilo, Liz relutava quanto ao que poderia fazer. Afinal de contas, não era fácil desistir de uma vida “perfeita”, uma vida completamente de acordo com os padrões esperados. Depois de muito lutar contra seus próprios desejos, Liz finalmente se separa. Seu divórcio é extremamente doloroso e em meio a este turbilhão ela conhece David e, imediatamente, se apaixona.  Mas, Liz não estava vivendo um bom momento e acaba despejando todas as suas expectativas e carência sobre ele. A relação tornou-se obsessiva e ele foi se distanciando a cada dia.

Por fim, no auge de seu desgaste emocional, Liz recebe uma proposta de trabalho: uma viagem para Bali para escrever uma matéria sobre as pessoas que vão até lá, nas férias, para praticar ioga. Nesta viagem, ela conhece um xamã, Ketut Liyer, que lhe convida para morar por quatro meses na Indonésia. A história parece simples, mas todo o processo de redescobrimento de Liz, da percepção de suas falhas, do perdão que ela precisa aprender a oferecer, principalmente a si mesma, tocam fundo no leitor e, acompanhando sua jornada, passamos também por um processo de amadurecimento. Em vários momentos, ela se sentirá sozinha, mas reconhece que, às vezes, somente a solidão nos dá a perspectiva necessária para continuar. E em uma sociedade ainda tão padronizada quanto a que vivemos, é maravilhoso ter o exemplo de mulheres que simplesmente não se encaixam, que não possuem os mesmos sonhos da maioria e que não se conformam com a infelicidade.

Conforme a Liz, tenta se encontrar, você como leitor acaba aprendendo a se curar junto. Segue então algumas frases inspiradoras:

“- Selecione seus pensamentos como seleciona suas roupas todos os dias. Cultive esse poder. Quer controlar sua vida? Comece pela sua mente. Se não dominar seu pensamento, sempre sofrerá.

– Eu estou tentando.

– Esse é o maldito problema. Pare de tentar. Entregue-se“.

 

Eu pensava que deveríamos ser “infelizes” juntos pra poder sermos felizes. Considere prova de quanto eu te amo ter passando tanto tempo tentando fazer a ideia dar certo. Mas, outro dia, ouvi uma história incrível, chama-se: o Augusteum. Otaviano Augusto o construiu para abrigar seus restos mortais. Vieram os bárbaros, e foi demolido, com o resto. Como Augusto, o primeiro grande imperador de Roma, imaginaria a queda de Roma e de todo o mundo como ele conhecia? Na idade das trevas roubaram as cinzas do Imperador. No século 12, foi uma fortaleza, depois, uma arena de touros, mercado de muambas. Hoje é banheiro de mendigos. É conhecido como um dos lugares mais sossegados e solitários de Roma. A cidade cresceu ao seu redor ao longo dos séculos. Como uma ferida, um coração partido ao qual você se apega pois a dor é boa, todos queremos que as coisas permaneçam iguais, vivemos infelizes com medo que uma mudança estrague tudo. Aí, eu lembrei da história daquele lugar, o caos que ele suportou, o modo como foi adapto, queimado, abandonado, devastado e construído e me tranquilizei. Talvez minha vida não tenha sido tão caótica. O mundo que é,  e armadilha é nos apegarmos as coisas. A ruína é o caminho que leva à transformação. Devo estar, devemos estar preparados para as intermináveis ondas de transformação. Nós dois merecemos mais do que ficar juntos por medo de sermos destruídos não ficando”.

 

Se você tiver medo, o outro vai ter medo também, se você jogar, o outro vai jogar também até porque ninguém joga sozinho. E eu ganhei uma lição hoje, de saber que, quando se gosta de alguém a melhor coisa a se fazer é ser honesto com os nossos sentimentos. Gostar de alguém é como estar em um barco: nós sabemos que aquele barco pode afundar a qualquer momento e se ele afundar nós temos que ter boias e saber nadar. Mas se o barco não possui buracos e está perfeito. por que pular fora antes da hora? Não permita que o medo de sofrer faça com que você se sabote. É como se você mesmo virasse o barco só porque acha que ele pode afundar um dia.

Se fazer de difícil, ignorar, dizer que é descolado somente para fazer o outro se interessar pode até dar certo inicialmente, mas isso não terá sustentação. Jogo é apenas disfarce. No fundo, o que você realmente sente estará gritando dentro de você. Talvez os outros não ouçam, mas você ouvirá. E o principal: não se colhe amor plantando indiferença. O cara pode correr atrás de você porque você o esnobou, mas o que está o atraindo não é você realmente é, e sim, a sua aparente indiferença.

Vocês não precisam provar nada para ninguém, não precisam disfarçar sentimentos, nem guardar aquele “eu te amo” que não quer calar. Não precisa esperar para ligar pra ela no dia seguinte, não é necessário aguardar 7 minutos para não responder imediatamente a mensagem dele. Porque adiar,uma felicidade, quando se pode ser feliz aqui e agora?

Relacionamento nunca foi e nunca será um jogo. Relacionamento é troca, é companheirismo e parceria. Se for pra jogar, vocês devem jogar no mesmo time, um cobrindo o outro quando necessário. O goleiro e o atacante têm funções diferentes dentro do time mas o objetivo é o mesmo: ganhar. Porque em se tratando de amor, a gente precisa é de um companheiro e não de um adversário.

LESSE, Thayane.

a 20 minutos de você

Eu guardo tento tempo em mim, guardo tantos beijos que não pude dar, abraços e tantas sentimentos… você foi uma coincidência linda da vida. Quem diria que eu encontraria você tão ocasionalmente? Sinto que o que temos é extremamente especial. É muito raro uma história como a nossa dar certo e derrubar tantos obstáculos. Tínhamos uma distância de 10.670 km que nos separava mas permanecemos firmes e seguinte veio a barreira do tempo com 6 horas de diferença fazendo com que nos fizéssemos sacrifícios em nossas vidas para estarmos juntos. E agora eu estou aqui em pleno avião indo encontrar você, rever seus beijos, estar novamente em seus braços, dormir e acordar do seu lado de novo. Você tem sido tão cavalheiro e tão amoroso comigo, você tem as versões que eu sempre procurei: Ama toda a intimidade de um casal e está disposto a viver uma vida instavel ao redor desse mundão. Você está sendo tão romântico, me enche de mimos, ama estar comigo e me da toda atenção do mundo, exatamente na quantidade que eu gosto. Você me ama pelo que sou, você ama meu corpo e tudo que eu tenho pra oferecer como pessoa, ama as partes que eu destesto em mim mesma e não quer modificar nada em mim. Me faz sentir como se eu fosse a única mulher do mundo.

Um relacionamento a distância não é só complicado pelos quilômetros que separam as duas pessoas, estar com alguém que não fisicamente exige muito da nossa capacidade de confiar e de se dedicar a ela, que em muitas vezes não vai estar naquela festa dos seus amigos ou naquele show bom de se assistir acompanhado. A distância multiplica por mil a insegurança, aquela voz no fundo da cabeça que ecoa a típica frase “Com quem será que ele está agora?” e tantas outras coisas acabam tornando esse tipo de relacionamento um desafio que poucos conseguem vencer. É bonito ver que o amor é real, apesar de não ter aquele cara-a-cara e aqueles beijos. Mas em compensação o reencontro é o melhor de todos, pois parece que depois de tanto tempo você encontrou o seu porto seguro, você encontrou os olhos que procurava em meio da multidão. Aquele abraço apertado que ficou guardado por tanto tempo, o beijo apaixonado que foi tanto ansiado, coisas simples que faltam no dia a dia. Não é mais aquele “se cuida”, mas finalmente é “deixa eu cuidar você”, quando a pessoa te mima, te nina, te enche de uma saudade matada. Ah, é tão bom! Um relacionamento a distância às vezes pode parecer que não vale a pena, que são só planos, sonhos, mas é um amor tão grande que não cabe em todas as milhas da companhia aérea. Muito menos na milhas de rodoviária, estações de trem. Porque é aquela famosa frase, ’‘Não há distancia para dois corações que se amam” e bem, eu acredito muito nesta pequena, porém, maravilhosa frase. O coração pode ser do tamanho de um grão, ou pode ser do tamanho do universo, nunca, nem nos maiores e piores pesadelos haverá algo que possa impedir um amor tão puro e bonito. Não há ventania, caso queira ir de barco. Não há neve, caso queira ir de avião. Não há acidentes, caso queria ir de ônibus. O relacionamento, caso seja verdadeiro, não há de ser impedido. Porque, pode ser exagero, mas para mim, não há um relacionamento mais verdadeiro do que aquele que transforma confiança em paixão. A distancia nunca foi um problema, ela pode muito bem ser a solução.

Eu sou incapaz de não reagir da mesma forma com . Tudo o que criamos até agora tem me feito sorrir e me deixa a cada dia encantada. Estou louca pra sentir o gosto do seu beijo e ficar uma eternidade de tempo dentro do seu abraço. Estou pronta pra pular no mar com você é enfrentarmos tudo que temos de mais dadas. E eu não quero esquecer desses dias. Que o nosso futuro seja abrilhantado com toda a beleza de uma linda história do passado. Agora eu estou a exatamente 20min de você, minha barriga tá embrulhada, nem sei como imaginar que corri o mundo inteiro para ver você. Eu quero muito retribuir tudo, entregar meu coração porque a nossa história é especial, sem duvida ela é uma história única. Eu nem acredito que eu estou aqui na verdade. Eu lembro de quanto eu chorei, me preocupei para estar aqui, para conhecer cada parte que o mundo tem de lindo e instigante. Agradeço a Deus demais por tudo. Nunca foi sorte, sempre foi Deus. Não importa o que seja, de amor como resposta sempre e voce recebera amor de volta. Faça o que for preciso mas nunca deixe de falar para a pessoa que você ama o valor dela na sua vida.

Não poderia estar mais grata e mais feliz, pela América, pela minha completa independência, e principalmente pelo amor. ♥️

 

16 de fevereiro de 2017.